quarta-feira, 3 de março de 2010

Manteiga de amendoas



A primeira menção de uma manteiga feita a partir de oleginosas data de 1884, com Marcellus Gilmore Edson. A patente, embora americana, é de autoria de um canadense. Ou seja? Uma confusão! O que ele tentou fazer foi criar um intermediário à produção dos doces de amendoim. No entanto, é só em 1897, que a Kelloggs – então compradora da patente – formaliza e concebe a invenção como um produto de nome manteiga de amendoim (Nut-butter). Enfim, é só em 1903 que surje a patente da primeira máquina para fabricar esse produto, de Ambrose Straub.

Isso mesmo! Não fosse a industrialização dessa delícia, teríamos um alimento riquíssimo em gorduras monoinsaturadas e em antioxidantes como resveratrol. Como não podia deixar de ser, a malévola industria capitalista logo inseriu gordura trans e óleos hidrogenados, estigmatizando o que deveria ser benéfico.




Por isso mesmo, abri este tópico, para incentivar a criação em sua casa. Faça sua própria manteiga de oleaginosas! Escolha a que mais gosta e processe sem dó. É uma forma de melhor conservar suas oleaginosas e há infinitas possibilidades.

A manteiga de amendoas pode não ser tão comum quanto a de amendoim. Ainda assim, não as vemos muito freqüentemente, pois se trata mais de um costume do estrangeiro. Costume, sem duvida, que deveríamos ter aqui já que se trata de uma nação rica nas melhores oleaginosas do mundo. Você não quer gastar com amêndoas? Ora, vá de castanhas! Com todas elas, a técnica é muito semelhante.

Ressalto, não se arrisque caso não tenha um bom processador! O estado que queremos atingir só é alcançado após o pó (‘ground’, como chamam os american people). É somente nessa etapa que tem inicio a liberação dos óleos essenciais das ditas ‘oleaginosas’, emulsificando a manteiga para o resultado final.

No caso da manteiga de amendoas, é muito legal tostarmos antes. Isso fará com que o aroma e sabor fiquem muito mais intensos. Esta receita rende 3/4 de xícara. Vamos lá?




INGREDIENTES

1 xíc. Amêndoas - com ou sem casca, você decide. Mas compre sem sal!
¼ col. chá de sal marinho - você encontra nos melhores mercados
1 col. sopa oleo de canola - se você encontrar óleo de amendoas comestível...



MODO DE FAZER


1 - Caso estejam com a casca, antes você deve fervê-las para remover a película.

2 - O próximo passo e espalhá-las sobre uma fôrma e levar ao forno, temperatura 150ºC por 20min.

3 - Isso feito, coloque as amêndoas no processador e mantenha ligado até que elas sejam pulverizadas.

4 - Entre agora com o óleo e prossiga até obter uma mistura amanteigada e rica. Caso queira uma manteiga mais rústica com pedaços, você pode adicionar agora e mexer à mão.

5 - Conserve em vidros esterilizados e bem lacrados na geladeira. Se o vidro for bem esterilizado e não houver água no preparo, você consegue uma validade excelente, podendo ultrapassar os 6 meses.




Utilize sua manteiga para:

Finalizar molhos
Saltear legumes
Fritar carnes
Em risotos
Sobre brioches torrados
Em recheios de bolos
Em bolos, pães e tortas

3 comentários:

Anônimo

Que óleo posso usar?
Pode ser de granola? e a quantidade?

blog da Eliana

Desculpe....não tinha lido a receita toda....o óleo é canola

vou fazer com certeza !
Obrigada!

Anônimo

Olá Chef Marcel Pitelli,
Estou para comprar um processador e gostaria de saber se vc poderia me dar uma dica de um que tivesse eficiência para essa receita, mas que ao mesmo tempo me poupasse dinheiro... será que existe algum modelo assim ?
(ou próximo a isso?)
Desde Já agradecido,
José Carlos
Meu E-mail é : JCMaiaC@Gmail.com

Postar um comentário

Deixe seu comentário e sugestões!

Related Posts with Thumbnails

Canal Cozinha   © 2008. Template Recipes by Emporium Digital

TOP